CUIDADO: UNIMED NÃO É PLANO DE SAÚDE, É TRÁFICO ARMADO!

Gostaria que essa mensagem servisse de alerta para que os desavisados que pretendem se associar ao Plano de Saúde UNIMED, qualquer um deles, mas, sobretudo, o sistema intercâmbio que atende pelo nome de UNIMED LESTE FLUMINENSE. Infelizmente, aderi a esse plano de saúde em setembro de 2008, minha adesão dependia de pagar uma taxa de adesão também para a UNIVERSICRED, cooperativa dos funcionários da UNIVERSO (Universidade Salgado de Oliveira, campus de Salvador, onde eu era professora). Meu marido (João Batista Fernandes Filho, ou o escritor e poeta João Filho), que também é funcionário da UNIVERSO, aderiu ao plano de saúde e à cooperativa. No entanto, tanto eu quanto ele pretendemos nos desligar da cooperativa e do plano o mais rápido possível devido ao fato de termos descoberto, na prática, que esse convênio é uma farsa.

Desde o dia 26/06/2009, meu marido tenta uma cirurgia de hérnia de disco e tem sido destratado e/ou ignorado pelo plano UNIMED LESTE FLUMINENSE. Estamos sozinhos para negociar o inegociável com o plano, uma vez que se trata de saúde. Dia 03/08/2009 entramos com um pedido de liminar, através de um núcleo jurídico. No dia 24/08, a liminar foi concedida. Recebemos um telegrama da UNIMED avisando que em cumprimento à liminar a cirurgia havia sido autorizada, deveríamos nos dirigir ao escritório da Central Nacional UNIMED, em Salvador (no Ed.Convention Center, Cidadela-Iguatemi), o que fizemos no mesmo dia. Depois de uma manhã inteira esperando, liberaram uma guia de internação para o Hospital UNIMED. Fomos ao Hospital UNIMED no mesmo dia e demos entrada no pedido de cirurgia, agora com a autorização concedida. Fomos informados que uma enfermeira agendaria com o médico-cirurgião e anestesista e entraria em contato. Dia 26/08, houve uma audiência no Juizado da Universidade Católica(SSA) porém, nessa ocasião nada foi resolvido, tendo a empresa informado à juíza que a cirurgia já havia sido autorizada. No entanto, até hoje, dia 13/09/2009, meu marido
ainda aguarda a cirurgia. A UNIMED sempre arranja um jeito de adiá-la, o mais novo motivo é porque o "material cirúrgico foi rejeitado pelo médico", isto é, eles querem que o médico use material inadequado! Meu marido segue sentindo dores, está de licença pelo INSS, impossibilitado de trabalhar e estudar. Passamos dias inteiros ligando para a empresa sem sucesso, a conta de telefone é monstruosa. Me pergunto como a justiça brasileira justifica a existência de um plano de saúde desses, inútil e, sobretudo, criminoso.

Estamos fazendo denúncias em todas as TVs e jornais locais, já registramos queixa na ANS e Ministério Público e nada, absolutamente nada foi feito contra a empresa. Como professora, tenho enviado emails diários a alunos e colegas para que evitem se associar ao plano UNIMED, qualquer um deles, Central Nacional UNIMED, UNIMED-SSA, não
importa, são todos da mesma corja. Alertei também aos colegas da UNIVERSO-SSA que pensem bem antes de entrarem na UNIVERSICRED visando a adesão ao Plano de Saúde. Pensem bem porque na prática é mesmo que não ter plano algum, trata-se de uma quadrilha, uma quadrilha que não é fiscalizada nem pela ANS nem pelo Ministério Público e não obedece a liminares da justiça. Espero que consiga evitar que mais pessoas, desavisadas, entrem nesse plano de saúde que não funciona e que constitui, sem dúvidas, um caso de polícia, provavelmente é tráfico! Que outro tipo de atividade
empresarial pode ignorar determinações jurídicas e sair ilesa? Só conhecemos uma: o tráfico armado! Todas as outras empresas, de uma forma ou outra, é punida, por que essa não é? Qual será o traficante que está por trás dela? Sei que é um saco essas coisas de email coletivo, corrente, solidariedade, mas ainda assim, peço encarecidamente, que mandem essa mensagem ao maior número de pessoas possível, pois se trata de uma utilidade pública para que nenhum cidadão/consumidor tenha de passar pelo que estamos passando. Obrigada de coração!

Állex Leilla
Professor-assistente UEFS
Currículo Lattes http://lattes.cnpq.br/3529681209301146

Comentários

  1. Oi, Állex, passei um sufoco inacreditável com o UNIMED Salvador em 2002. Meu pai tinha esse plano e quando ele estava mal e precisava de internação urgente, na noite em que morreu, todos os hospitais (todos) recusaram o plano. Ficamos desamparados, rodando pela cidade com uma pessoa gravemente enferma no carro,a pior noite da minha vida. Ele acabou morrendo naquela madrugada. Enfim, lutem e façam valer os seus direitos. Não importam os nomes. UNIMED é uma empresa que não respeita os usuários.

    ResponderExcluir
  2. Prezada Srª Álex Leilla,

    Em primeiro lugar, na condição de médicos e, portanto, de profissionais voltados para a promoção da saúde das pessoas, desejamos ao senhor João Batista Fernandes Filho um pronto restabelecimento de sua cirurgia de hérnia de disco e uma melhora efetiva em sua situação de saúde.

    Sobre o processo de autorização do referido procedimento cirúrgico, faz-se necessário esclarecer que a Unimed Salvador cumpriu com corretude e interesse a sua função de buscar a autorização junto à operadora de planos de saúde do paciente, a Cooperativa Unimed Leste Fluminense. Da mesma forma, nossa área especializada fez gestões no sentido de se superar os trâmites técnicos para o uso de material cirúrgico de alta complexidade, o que resultou na realização da cirurgia no último dia 24 de setembro de 2009.

    Diante disso, demonstramos nossa surpresa e descontentamento com a disseminação de seu e-mail, o qual não só difama de forma explícita e inverídica a nossa Cooperativa de Médicos, como também agride através de termos ofensivos todo o Sistema Unimed, a maior rede de Saúde Suplementar do Brasil, formado e respaldado no trabalho sério e reconhecido de 370 Cooperativas de Saúde e de quase 100 mil médicos, presentes em 93% do território nacional, honrados em cuidar da saúde, qualidade de vida e bem estar de cerca de 14 milhões de brasileiros conveniados conosco.

    Ainda que tudo se contextualize em um momento de justificada apreensão de quem aguarda a solução de um problema de saúde, rechaçamos veementemente toda e qualquer atitude caluniosa e difamatória dessa natureza. Em nome dos milhares de profissionais de saúde que, diariamente, se dedicam dignamente à oferta de saúde suplementar em nossa cidade e país, manifestamos aqui nesse espaço o nosso repúdio às suas mensagens eletrônicas, sem prejuízo de que possa vir a ser tomada medida judicial cabível.

    Atenciosamente,

    Dr. Roberto Sampaio
    Vice-presidente da Unimed Salvador

    ResponderExcluir
  3. É muita cara de pau mesmo, invadir meu espaço, meu blog, para vir depois de tanto sofrimento e problemas que causou a mim e a meu marido querer me calar com esse mensagem ridícula e acima de tudo covarde, porque sem endereço para resposta. Quais foram os esforços que a UNIMED de Salvador fez? Nunca saber do que se tratava quando ligávamos? Dizer que o prazo era de 15 dias úteis para resposta à solicitação de cirurgia e após 15 dias não ter nenhuma posição? Mandar que nos dirigíssemos à nossa UNIMED de origem? Entrar com pedido na justiça de desvinculamento da liminar por "entender que a UNIMED de Salvador é independente da UNIMED LESTE FLUMINENSE"? Quais foram, sr dr. Roberto Sampaio, os esforços que o senhor alega ter feito? Meu marido foi de fato operado, mas não porque a Unimed Salvador fez qualquer esforço pra isso, mas porque depois da liminar não cumprida, não obedecida, fomos à imprensa e usamos de todas as formas para pressionar a porcaria de plano de saúde que você se acha no direito de vir, aqui, defender. E fez a cirurgia dia 26/09, não em 24/09, pois até nisso houve uma competência enorme: a cirurgia foi agendada para 24/09, ele foi internado dia 23/09, mas descobriu, depois de tomar remédio, ficar 12 horas em jejum, que houve um "erro" e a cirurgia só seria feita dia 26/09. Erro do Hospital? Erro da Unimed daqui? Erro da Unimed Leste Fluminense? Ninguém sabe. No refeitório do hospital UNIMED, única opção para os acompanhantes de pacientes fazer suas refeições, a salada tinha um "elemento vivo e branco", comumente conhecido como verme, passeando. Comunicado à sr. nutricionista responsável, ela apenas se limitou a dizer que "infelizmente, aquele passou no controle de qualidade". De junho, quando começamos a lutar pela cirurgia, até setembro, quando ela foi feita, o que mais nos chega é depoimentos, como o da jornalista Kátia Borges acima, relatando o descaso, a falta de decência e de respeito desse plano, qualquer um deles, para com seus associados (clientes, melhor dizendo). E me vem o sr., um médico, com essa lenga-lenga? Falo e escrevo o quanto eu quiser e mando emails para quem eu quiser contando o que aconteceu. E não ouse a me ameaçar "enviesadamente", dr. Roberto Sampaio, porque eu não tenho medo nem respeito pelo seu cargo de presidente de uma empresa absolutamente digna de desprezo e que merece ter uma intervenção, se possível da polícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11:09 AM

      Alléx, quero agradecer pelo fato de abrir meus olhos com relaçao ao famigerado plano. causador de sua indignaçao, estava me preparando para migrar para o dignissimo, fico feliz de neste momento ter lido seu ralato, irei para um plano mais decente,se é que existe, devo-lhe esta. abraço

      Excluir
  4. Oi, Leilla a Unimed Salvador ultimamente vem causando muitos transtornos aos seus usuários,pois existem descredenciamento de bons médicos da empresa e a Unimed não demonstra nenhum interesse em mudar esta situação. Quando o usuário liga pedindo informações sobre o desligamento dos médicos os mesmos informam que existem outros médicos cooperativados que podem atender. Se está existindo um certo descontentamento dos médicos, deve estar existindo de fato uma gestão administrativa muito ruim, ao contrário esta situação já teria sido revertida. Att, Luciana Azevedo.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6:20 PM

    dr roberto sampaio charlataõ

    ResponderExcluir
  6. Anônimo6:23 PM

    aqui em joinville tambem esta uma droga o atendimento unimed. a empresa amil naõ esta conseguindo entrar com plano de saude aqui em joinville. porque existe um quartal entre unimed

    ResponderExcluir
  7. EU ESTOU MIGRANDO PARA OUTRO PLANO,O MOTIVO ACREDITEM .NÃO CONSIGO FAZER O PAGAMENTO . ISTO É UMA VERGONHA.
    NÃO RECEBIR O BOLETO,TIVE QUE TIRAR NA NET . E COM O BOLETO EM MÃOS FUI EM VARIOS BANCOS E NÃO CONSEGUIR FAZER O PAGAMENTO.OBS. O BOLETO ESTAVA NO VENCIMENTO.
    NA LOTERIA DIZIA QUE ESTE BOLETO DA UNIMED COM O BANCO SANTANDER NÃO RECEBE.
    NO BANCO FIQUEI LÁ E FOI UMA TERMENDA CONFUSÃO,UM CAIXA PARA ATENDER E NADA.
    OUTROS BANCOS TAMBEM NÃO QUIZ RECEBER O BOLETO DO SANTANDER \UNIMED.
    UNIMED SALVADOR TÓ FORA.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo11:52 PM

    e agora estou precisando fazer uma cirurgia estou com medo

    ResponderExcluir
  9. Anônimo6:42 PM

    Unimerda!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo7:31 PM

    Gostei do Blog e da coragem da Leila e tenho interesse em saber se alguém tem algo a dizer sobre a regulamentação de planos antigos que na época que fiz eram o top da Unimed tipo multiplan.

    ResponderExcluir
  11. Entre usar uma porcentagem do meu salário para eventuais casos de saúde em que o SUS não possa resolver de imediato e pagar um plano de saúde de merda prefiro me arriscar a primeira opção...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Vim ver o Roberto, cara!

Entrevista com o poeta João Filho

Série: a difícil-incrível arte de viver - parte III